segunda-feira, 15 de junho de 2015 0 comentários

Gostava de usar saltos altos?

Salto alto
Quem nunca usou salto alto? Algumas mulheres não dispensam os sapatos confortáveis, mas a grande maioria já usou pelo menos uma vez na vida.

Esta publicação destina-se a quem usa e sofre com isso, ou para aquelas mulheres que não os usam mas gostavam de se sentir confortáveis (dentro do possível) nuns sapatos altos. Não obstante, algumas mulheres, por questões de saúde, não os podem usar.

Usar saltos acaba por ser uma questão de hábito, mas vamos partilhar algumas sugestões para que este acessório de moda seja uma constante no seu guarda roupa!

Nunca compre sapatos sem os experimentar. Muitas vezes pensamos que por se tratar do nosso número de pé, qualquer sapato vai servir. Isto não é verdade. Cada marca pode ter uma ligeira flutuação de tamanho. Também tem bastante influencia se usa meias ou não quando calça saltos.
Por exemplo, ao calçar botas há quem use peúgas e há quem use meias de licra ou mousse. Entre as meias de licra e as peúgas (principalmente as de algodão) temos uma grande diferença de ocupação dentro dos sapatos.

Um truque que costuma sempre resultar é comprar salto alto com plataforma. Fica mais alta, mas o pê não é forçado a estar muito inclinado devido à compensação da plataforma.

Se os sapatos costumam fazer-lhe "bolhas" acima do calcanhar, na sola perto dos dedos já se pode encontrar no mercado um série de opções de palmilhas e protectores em gel que afastam a pele das zonas mais "agressivas".

Não se esqueça que antes de ir a algúm evento que obrigue a permanecer de pé ou a caminhar deve levar sapatos que os seus pés "já conhecem", já estão adaptados. Compre com uma semana de antecedência e vá usando em casa umas horas para que o pé se adapte e que tenha a oportunidade de verificar se magoam.

Lindas e radiantes... mas sem feridas!
terça-feira, 2 de junho de 2015 0 comentários
video

Pequeno vídeo com inspiração de nail art @ohmygoshpolish
0 comentários

A base de maquilhagem ideal

A base é fundamental na maquilhagem. Embora a maioria das pessoas considere que a sua função é cobrir o rosto, tapando imperfeições, a base também serve para dar acabamento mate ou luminoso (de acordo com o tipo de pele), dar uma aparência mais homogénea e deixar a pele com um aspecto mais saudável.

Para começar é preciso avaliar bem o seu tipo de pele.

Pele oleosa a mista : este tipo de pele exige uma base com acabamento mate, sem contraste, sem brilho e principalmente com uma fórmula isenta de óleo. Opte sempre por uma base "não-comedogénica" (leve, com estrutura química não-gordurosa, sem potencial para entupir os poros e anti alergia). Escolha uma base líquida de efeito ‘mate’ para esconder o brilho da pele por mais tempo.

Pele normal a seca: utilize um acabamento semi-mate que tem algum brilho, mas apenas para iluminar o rosto. Isto porque as peles secas têm muita tendência a ficar baças. No geral, são bases isentas de óleo ou aquosas com um conteúdo mínimo de óleo que pode ser jojoba.A base escolhida deve combinar com a cor natural da pele do rosto. Bases faciais que não combinam com o tom da pele, em geral, deixam um aspecto artificial e uma grande diferença entre seu rosto e seu pescoço. Para escolher, a dica é ir a uma loja de cosméticos e testar as cores no próprio rosto.

É importante também escolher uma base de acordo com seu tipo de pele.

Para aplicar a base:
  • A pele deve estar limpa e seca.
  • Se a base não tiver FPS, use um protetor solar e/ou primário de base (este último prolonga bastante a durabilidade da base)
  • Aplique a base em pequenas quantidades e espalhe região por região com os dedos ou com o pincel próprio em movimentos rápidos terminando as pincelada no sentido do crescimento do pêlo, de cima para baixo.
  • Se exagerar na quantidade, dê pequenos toques com um algodão, nas regiões com excesso.
O mercado de cosméticos oferece hoje uma enorme quantidade de bases com fórmulas especiais, que congregam, num só produto, várias funções.
A nossa proposta reside na base fluída Mary kay nas duas fórmulas Oleosa/Mista e Normal/Seca

Base luminosa e base mate
Bases fluídas Mary Kay

Ainda está com dúvidas? Venha fazer uma avaliação de pele completamente gratuita connosco e descubra a melhor base para si!
terça-feira, 26 de maio de 2015 1 comentários

O seu verniz é tóxico?

3, 4 e 5 free


As palavras hipoalergénico, muito divulgada em cosmética facial também é usada nos vernizes de unhas. A expressão mais conhecida é 3Free, ou mais além 5Free. 
Toda a mulher que se preza gosta de andar com as unhas arranjadas. Durante anos ninguém se preocupou muito com a composição dos vernizes. O cheiro forte a invadir a casa ao ponto de deixar qualquer um com dor de cabeça era provocado por um solvente que hoje em dia já não se usa em muitas marcas.
O que quer dizer então 3Free? Significa que o verniz não contém Tolueno, Formaldeído e DBP, substâncias que podem desenvolver reações alérgicas. 

Em poucas palavras vamos ver o que são e para que servem o Tolueno, Formaldeído e DBP.

Tolueno: solvente encontrado na composição de vernizes por ser mais barato, visa melhorar a aplicação e diminuir o tempo de secagem do verniz.

Formaldeído (Formol): tem como função aumentar a durabilidade do verniz. Este componente é um dos principais causadores de alergias. Este produto é proibido no alisamento capilar.

DBP (Dibutyl Phthalate): Usado como plastificante para aumentar a durabilidade e flexibilidade do verniz. A utilização de DBP é proibida em vários países europeus. Em contato com a água, pode ser absorvido pela pele (ao lavar as mãos, por exemplo).

De um modo geral, se inalados, ingeridos ou em contato com a pele, os sintomas de alergia a esses produtos são: irritação nas pálpebras, vermelhidão e descamação dos dedos, ou irritação do sistema respiratório. Todos estes químicos são cancerígenos, mas é mais suscetível quem tem maior contato com estas substâncias, como técnicas de estética ou empregados fabris. 
imagem do blog: http://www.goddesshuntress.com/

Agora não vá a correr jogar fora a sua coleção de vernizes! Por se tratarem de produtos de consumo, as quantidades dessas substâncias são reguladas por autoridades governamentais de segurança (excluíndo produtos made in china que têm autorização para utilizar muitos produtos completamente proibidos na Europa e EUA) e, portanto, são pequenas o suficiente para não representar uma ameaça à sua saúde.

No entanto, se está grávida ou a amamentar, se tem crianças pequenas, se tem tendência a desenvolver cancro (muitos casos familiares), se tem alergias ou pele muito sensível deve ter cuidado redobrado.

A questão de fundo é que os vernizes que tem em casa não devem causar quaisquer problemas reais, mas se preferir  produtos de beleza natural e / ou livre de produtos químicos fortes é sempre bom conhecer as marcas  ¾ / 5Free.

Procurando um pouco pela internet podemos encontrar as seguintes marcas:

Vernizes “3 FREE” (sem Dibutyl Phthalate, Toluene, e Formaldehyde)

Vernizes “4 FREE” (sem Dibutyl Phthalate, Toluene, Formaldehyd e Formaldehyde Resin) 

Vernizes “5 FREE” (sem Dibutyl Phthalate, Toluene, Formaldehyde, Formaldehyde Resin, e Camphor)

* cruelty-free

Todos estes vernizes são excelentes. A grande maioria têm origem em pequenas empresas, praticamente feitos à mão. Quantas vezes nos queixamos deste ou daquele verniz que começa a sair dois dias depois de colocar? Pois é... não têm formol o maior causador de alergias, lembra-se?

Nós usamos várias marcas: Mary Kay, El Corazon, China Glaze, Glam Polish, ... A maior parte é 5Free pois preferimos um verniz que dure menos, e que até é mais caro, mas que prejudica menos. Não obstante também temos algumas cores Wynnie (chinês a 1€) que aquirimos quando começámos a fazer nail art! Mas estes só ficam na camad mais superficial, por cima das duas ou três camadas de verniz. Isto porque só os usamos para carimbar unhas.

Para evitar deitar fora aqueles vernizes lindos que tanto gosta pode usar o nosso truque. Em contacto com a unha use sempre uma boa base de verniz (duas camadas). Uma base 5free pois está diretamente na sua unha. Depois pode pintar com o outro verniz. Não se esqueça de o fazer num local arejado! Esperamos que tenha sido útil a nossa publicação. Fique linda, mas de forma segura!

segunda-feira, 25 de maio de 2015 0 comentários

Trio de sombras MK - Sunset Beach

Apesar de estarmos em maio, o calor tem mostrado o seu poder. As nossas roupas estão mais leves, as cores seguem as tendências dos tns pastéis e muito amarelo (pessoalmente é uma cor que não me agrada nada!) e por vezes nem sabemos que maquilhagem usar.

Deixe-se levar pelas sugestões Mary Kay e os trios de sombras @Play, que combinam cores fantásticas. A sugestão de hoje é com o trio Sunset Beach. É um dos trios @Play mais versáteis porque pode ser usado em qualquer cor de olhos.

Desde a maquilhagem mais discreta à mais ousada, aqui ficam 10 sugestões! Qual a sua preferida? Quer aprender a fazer alguma em concreto? Deixe comentário!

Cortesia de UnitWise (USA)

 
; 09 10